É realizado por via abdominal e também por via transvaginal. Para realizar este exame é necessário realizar um preparo, que tem a finalidade de melhorar a visualização das estruturas que serão analisadas.

O ultrassom transvaginal para pesquisa de endometriose tem alta sensibilidade para a identificação de lesões de endometriose, especialmente as profundas. Atualmente é realizado como protocolo para auxiliar o ginecologista na melhor opção terapêutica da endometriose e, caso necessário, planejar a intervenção cirúrgica.